Sais Minerias

18-08-2010 16:13

O que são Sais Minerais?

Os minerais são nutrientes com função plástica e reguladora do organismo. É necessário ingerir cálcio e fósforo em quantidades suficientes para a constituição do esqueleto e dos dentes. Outros minerais, como o iodo e o flúor, apesar de serem necessários apenas em pequenas quantidades, previnem o aparecimento de doenças como a cárie dentária e o bócio. Uma alimentação pobre em ferro provoca anemia (falta de glóbulos vermelhos no sangue). O excesso de sódio, provocado pela ingestão exagerada de sal, aumenta o risco de doenças cardiovasculares e é um dos responsáveis pela hipertensão.

 

Tipo

Fonte

Principais Benefícios

Cálcio

Leite e derivados e, em menor proporção, vegetais de folhas verde-escuras, peixes e frutos do mar

·    formação e manutenção de ossos e dentes

·    coagulação do sangue

·    contracção muscular

·    impulsos nervosos

Flúor

Água potável, chá, café, peixe, verduras e hortaliças

·    redução da incidência de cáries dentárias

·    fortalece o esmalte dos dentes

Fósforo

Carne, peixes, leite, ovos, cereais, legumes e vegetais

·    manutenção da estrutura óssea

·    formação de energia

·    absorção e transporte de nutrientes

·    + cálcio fortalece os ossos e os dentes

Ferro

Vísceras, carne vermelha, peixes, vegetais verde-escuros e leguminosas (feijão, lentilha, ervilha), amêijoas, espargos, ameixas secas, passas, soja, tofu, sementes de abóbora

·    transporte de oxigénio pelo sangue

·    conversão de vitamina A,

·    processos metabólicos em geral

Magnésio

Verduras, hortaliças, legumes (principalmente os de cor verde, como o espinafre, brocolos), semente de abóbora, batatas cozidas, alimentos do mar, melaço, nozes, castanhas, bananas e produtos lácteos

·    activação de enzimas metabólicas

·    impulsos nervosos (papel antagónico ao do cálcio)

·    ossos fortes

Manganês

legumes (principalmente os de cor verde, como o espinafre), frutos secos, cereais integrais e chá

·    formação dos ossos e tecidos de ligação

·    metabolização de gorduras e hidratos de carbono

Molibdénio

Legumes, carnes, cereais integrais, pães e produtos lácteos

·    metabolização do nitrogénio

Potássio

Frutas (laranja, banana, ameixa, abacate), frutas secas, iogurte, verduras e legumes

·    transmissão de impulsos nervosos

·    funcionamento do fígado

·    obtenção de energia

·    controla o equilíbrio dos ácidos no corpo

·    + sódio mantém o equilíbrio dos líquidos

Sódio

Sal, alimentos processados, molho de soja, condimentos

·    equilíbrio dos líquidos

·    função do sistema nervoso

Iodo

Sal iodado, água, alimentos do mar (camarão, ostra, lagosta), espinafre e agrião de solos ricos no mineral, leite

·    estrutura química das hormonas da tiróide

Zinco

Ostras, mariscos, carne de vaca magra, carne de aves, gérmen de trigo, favas brancas, legumes, nozes, lacticínios

·    cicatrização de feridas

·    aumento de apetite

·    produção de esperma

Cloreto

Alimentos com sal

·    ajuda a digestão

·    funciona com o sódio para manter o equilíbrio dos líquidos

Cobre

Ostras, mariscos, legumes, cerejas, cacau, cogumelos nozes, cereais integrais, ovos, peixe

·    formação de células de sangue e tecido conectivo

Crómio

Grãos integrais, brócolos, sumo de uva, sumo de laranja, açúcar amarelo, carnes, pimenta preta, levedura de cerveja, queijo

·    metabolização de hidratos de carbono

Selénio

Carnes, cereais integrais, produtos lácteos, peixe, marisco, cogumelos

·    ajuda a vit. E a proteger as células e o tecido do corpo

 

 

 

Terapia Ortomolecular ou OLoigoterapia é o ramo da terapêutica cujo objetivo principal é restabelecer o equilíbrio químico do organismo.

 

 

O “acerto” (orto=certo) das moléculas se dá pelo uso de minerais em doses infinitesimais (oligoelementos).

 

Como o organismo se desarmoniza?

Para entendermos, podemos imaginar que o corpo é uma máquina que está constantemente se auto-atualizando.

Durante o processo podem surgir erros, seja na chegada de matéria-prima (absorção dos alimentos), seja na inter-relação entre os sistemas que compõe esse mecanismo (o corpo).

Estes sistemas devem operar conjuntamente de forma equilibrada, como a engrenagem de um relógio. Os principais sistemas são: de regulação hormonal, Psíquico e de defesa (imunológico).

Qualquer falha em algum local deste maquinário (ser humano) compromete a atualização necessária (vida), ocasionando os defeitos (doença).

Por exemplo: um indivíduo deprimido tem, comparativamente, mais infecções, já que existe uma falha no sistema psíquico que altera o sistema imunológico.

 

A Terapia Ortomolecular, através dos minerais, tem como objetivo neutralizar esses efeitos, oferecendo uma melhor qualidade de vida.

 

A Oligoterapia também trata das carências de vários nutrientes. Além de possuir um foco curativo, ela é principalmente preventiva.

 

Dessa forma ao tratar o cliente estressado, corrigi-se suas carências para que ele não evolua para uma hipertensão arterial.

Assim também é possível sanar as carências que levam a obesidade antes que ela ocasione diabetes.

O mais importante é que com a Oligoterapia o paciente volta a ser encarado como um todo, um conjunto que deve funcionar em harmonia.

 

Isso torna a Oligoterapia uma Terapia natural.

 

O ponto central da Oligoterapia via derme é o bem-estar, através da prevenção das doenças.

 

“O objetivo da Oligoterapia não é combater as doenças, mas sim re-equilibrar, fortalecer o organismo, para que ele consiga reagir contra males que o acometem.

Assim, colabora com a diminuição dos sintomas de diversos problemas como diabetes, depressão, obesidade, falta de memória, câncer, intoxicações, doenças reumáticas e cardiovasculares.

 

Quem pode se beneficiar com essa Terapia?

 

Todas as pessoas que desejarem prevenir doenças!!

Principalmente as que já sentem alguns sintomas de desgaste orgânico:

 

Cansaço maior que o habitual

Falta de motivação

Perda de memória

Dificuldades sexuais

Sono não reparador

Infecções repetitivas

Sinais e sintomas de estresse

Muitos atletas, esportistas e freqüentadores de academias procuram a Ortomolecular para melhorar sua performance de forma natural.

 

 

O aumento da disposição e ânimo, aumento da libido, melhora do sono e da performance física aparecem nas primeiras semanas de tratamento.

Mas tudo irá depender de cada organismo em particular para que se possa dizer por quanto tempo há necessidade da suplementação, que deve sempre ocorrer junto com mudanças de hábito de vida, como melhoria da alimentação, inclusão de prática esportiva, lazer e erradicação do hábito de fumar.

 

 

Quais os sintomas causados pelas carências dos minerais:

 

Cálcio: Cãibras, bruxismo, queda de cabelos, unhas frágeis e quebradiças, dentes frágeis e cáries freqüentes, Síndrome de pernas inquietas, insônia, arritmias cardíacas e palpitações, osteoporose e alteração da coagulação.

 

Magnésio: Tremores musculares, cãibras, zumbidos, tendência para intestino preso, bruxismo, parestesias (formigamento) dos braços e/ou pernas principalmente pela manhã, arritmias e palpitações.

 

Zinco: Acne, letargia, apatia, diminuição da memória, dificuldade de concentração, queda de cabelos, unhas frágeis, quebradiças e com mancha branca, diminuição do olfato, paladar e audição, zumbidos, dificuldade de ereção, oligospermia, irregularidades menstruais.

 

Cobre: Dores articulares, fraqueza muscular, fadiga, edema (inchaço) nos tornozelos e pulsos, queda de cabelos.

 

Potássio: Polidipsia, apatia, letargia, cansaço fácil, arritmias cardíacas e palpitações, tendência a intestino preso, alteração do turgor da pele, cãibras.

 

Ferro: Fadiga fácil, cansaço, anemia hipocrômica, edema de tornozelos que piora com a posição ortostática durante o dia, cefaléia, tonturas, queilite, taquicardia e palpitação.

 

Manganês: Andar cambaleante, deficiência de coordenação motora, perda de equilíbrio, diminuição da audição.

 

Cromo: Alteração do metabolismo dos carboidratos, sudorese noturna, sono agitado com pesadelos, pânico e fobias, diminuição da capacidade de concentração e memorização, extremidades trêmulas e frias, dor de cabeça tipo enxaqueca.

 

Selênio: Fraqueza muscular, mialgias, queda de cabelos, dermatites de pele e couro cabeludo, dermato-micoses, monilíase vaginal, micoses de repetição com aumento da freqüência de dermatite seborréica.

 

Iodo: Aumento do peso corporal, fadiga, cansaço fácil, apatia, embotamento, pele seca e áspera, massa ou nódulo em mamas, bócio ou massa palpável em tireóide.

 

Fósforo: Diminuição da memória, atenção e concentração, fadiga e cansaço fácil, perda de iniciativa (desiste fácil), respiração curta com dificuldade, edema (inchaço) de tornozelos, dores articulares com limitação funcional.

 

Lítio: Depressão, insônia, dores musculares tensionais, aumento dos sintomas da menopausa.

Terapia Quantica, http://cantinhodasaude.webnode.pt/, www.vitalsil.pt,, www.natiris.pt, www.sovex.pt,

—————

Voltar


Equilibrio Humano, a empresa de Terapias Complementares da Linha.